Um site para exposição e construção do pensamento espírita no campo social. Santos - Brasil.
você está em "artigos"

RETORNO AO ÍNDICE
 

  • Avaliação
    Escreve: Krishnamurti de Carvalho Dias
    Em: Outubro de 2013

  • A maioria esmagadora das pessoas entrou para o Espiritismo, mas não deixou ainda, efetivamente, o Espiritismo entrar na cabeça delas.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Lúcifer, Prometeu e Trismegisto
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Outubro de 2013

  • Em meio a tanto mito, tanta elucubração acerca da origem das coisas, o que fica é a capacidade de decidir, de dizer não. Ou sim.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Ética e Progresso
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: Outubro de 2013

  • A Doutrina Espírita tem muito o que oferecer à sociedade como remédio para as feridas que se abrem de alto a baixo, em todos os níveis.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Comunismo e os Espíritas
    Escreve: Eusínio Lavigne
    Em: Outubro de 2013

  • O espírita não deve concorrer, com a sua indiferença cívica, para a manutenção de regimes que nos privam de direitos sagrados.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Desunião e Divergência
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: Outubro de 2013

  • Há, entre nós, opiniões discordantes em determinados aspectos, porém, os princípios são os mesmos, não se alteraram.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Cristianismo x Espiritismo
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Outubro de 2013

  • A busca do diálogo com o judaico-cristianismo surge da necessidade cultural, religiosa na França do século 19.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Um Bom Conselho
    Escreve: Krishnamurti de Carvalho Dias
    Em: Outubro de 2013

  • Nem todos os espíritas estão com a FEB ou são religiosistas, têm direitos como divergentes e precisam ser respeitados em sua posição laica. Isso é pacífico.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Maturidade e Conhecimento
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: Outubro de 2013

  • A falta de madureza para as coisas do espírito tanto se verifica em pessoas sem instrução regular quanto em pessoas muito preparadas.

    Leia a íntegra deste artigo


  • É Hora de Recriar
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Outubro de 2013

  • Chega-se a um ponto em que cada um deve seguir o seu próprio caminho e até com respeito pelo outro. E isto já está acontecendo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • As Luzes do Espiritismo
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Outubro de 2013

  • No pensamento kardequiano, que nada tem de irracional, “a luz” mostra-se simplesmente como uma metáfora do esclarecimento, da compreensão, segundo o poder da razão, da observação e experimentação.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Avaliação
    Escreve: Krishnamurti de Carvalho Dias
    Em: Outubro de 2013

  • A maioria esmagadora das pessoas entrou para o Espiritismo, mas não deixou ainda, efetivamente, o Espiritismo entrar na cabeça delas.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Reflexos das Lições de Allan Kardec
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: Outubro de 2013

  • Allan Kardec procedeu de uma forma que nos permite aplicar o seu critério, ainda hoje, a diversas situações no trabalho mediúnico.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Real e o Virtual
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Outubro de 2013

  • O mundo virtual se define por ser atópico e acrônico, particularidades basilares do mundo extrafísico, do mundo dos espíritos, sem tempo e sem espaço.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Os Espíritas e o Comunismo
    Escreve: Eusínio Lavigne
    Em: Outubro de 2013

  • O espírita não vota como propagandista do Espiritismo, mas como cidadão, esclarecido pela filosofia do Espiritismo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Sobre o Comportamento
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Outubro de 2013

  • A primeira lição comportamental do Espiritismo é que devemos nos livrar da angústia da perfeição, a fim de que possamos equacionar nossa própria imperfeição.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Espiritismo e Filosofia
    Escreve: Ciro Pirondi
    Em: Outubro de 2013

  • Enquanto Kardec formulava a filosofia espírita, o mundo começava a construir as bases do pensamento que serviriam de suporte para as transformações do século 20.

    Leia a íntegra deste artigo


  • De Chacrinha a Shakespeare
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Outubro de 2013

  • Não se leu Allan Kardec o suficiente para a grande maioria dos espíritas brasileiros e sem Kardec não existe Espiritismo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Intolerância e Preconceito
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: Outubro de 2013

  • A intolerância, seja no meio religioso, seja no meio médico, como também no meio espírita é sempre prejudicial à cultura e ao progresso do espírito.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Sobre o Livre-pensar
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Outubro de 2013

  • O que interessa mesmo ressaltar é a visão de Kardec acerca do livre-pensar, desenvolvida de forma didática, incisiva e bem sintética.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Angeli Torteroli
    Escreve: Hermeto Lima
    Em: Outubro de 2013

  • Sob aquela blusa, muitas vezes surrada, ocultava-se um coração de ouro, uma alma digna de ser admirada.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Los Derechos de la Doctrina Espirita en la Sociedad Moderna
    Escreve: Humberto Mariotti
    Em: Outubro de 2013

  • Cuando el Derecho no evoluciona con el progreso moral de los espíritus, se enquista y obstaculiza la incesante renovación del orden espiritual y social.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Torteroli: Um Nome a Ser Lembrado
    Escreve: Mauro Quintella
    Em: Julho de 2013

  • A finalidade deste artigo é resgatar a importância histórica do grande líder espírita Afonso Angeli Torteroli (1848-1928), que merece ocupar um lugar de destaque no panteão dos grandes espíritas brasileiros.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Grande Síntese
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Julho de 2013

  • O Espiritismo, como constructo ético-filosófico, representa numa tentativa de síntese do espiritualismo, área do conhecimento onde o pensamento filosófico espírita navega e finca suas raízes.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Espiritismo e Criminologia
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: Julho de 2013

  • Segundo a tese espírita, a predisposição para o crime é inerente à inferioridade moral do Espirito e não às disposições cranianas ou a qualquer anomalia somática.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Allan Kardec: Pseudônimo ou Heterônimo?
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Julho de 2013

  • No caso de Denizard Rivail, é curioso observar que o nome Allan Kardec, ao contrário dos pseudônimos normais, não foi inventado, não surgiu de sua imaginação.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Espiritismo e a Investigação Científica
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: Julho de 2013

  • É necessário estimular as pesquisas, a experiência científica, que teve sua razão de ser no século passado e ainda se faz indispensável nos dias atuais

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Crise da Civilização Atual
    Escreve: Gláucio Coelho Grijó
    Em: Julho de 2013

  • O mais paradoxal é constatar que a evolução tecnológica, que trouxe indiscutíveis avanços para a sociedade, não foi capaz de nos proporcionar mais tempo livre.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Deus e Cultura
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: Julho de 2013

  • Deus é uma necessidade que a linguagem humana não sabe descrever, porém uma necessidade que o homem sente em qualquer tipo de cultura, em qualquer grupo social.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Muito Além da Morte
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Julho de 2013

  • A filosofia espírita trouxe uma temática que, embora originária de fenômenos naturais, enfrentaria caminhos tortuosos, até atingir o estágio de aceitação, pelo menos no Brasil.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Fortuna de Allan Kardec
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: Julho de 2013

  • Até hoje, ainda não falta, lá uma vez por outra, quem diga que Allan Kardec enriqueceu com as obras espíritas o que é uma inverdade gritante.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Sobre o Pseudônimo de Denizard Rivail
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Julho de 2013

  • O leitor poderá apreciar um panorama das fontes históricas existentes, de fontes primárias, apesar de contraditórias, que evitariam afirmações equivocadas e pouco fiéis acerca da origem do pseudônimo do fundador do Espiritismo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • La Idea Espirita es el Nuevo Sentido del Hombre y de la Historia
    Escreve: Humberto Mariotti
    Em: Julho de 2013

  • La Idea Espirita es una entelequia filosófica y religiosa innegable; su esencia se halla en esa suma gnoseológica que constituye “El Libro de los Espíritus” de Allan Kardec.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Deus Que as Pessoas Querem
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Julho de 2013

  • Deus não criou o homem nem a mulher. Neste quesito, a ação divina é inútil. Para desespero das religiões, o ser humano é produto da seleção natural e não da ação divina.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Kardec, Sua Casa e Seus Amigos
    Escreve: Reinaldo Di Lucia e Carolina Régis
    Em: Julho de 2013

  • A ideia é fazer com que o leitor se interesse em participar e entender o que se passava no mundo e na França do século 19, tanto no aspecto econômico e político quanto no aspecto filosófico.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Conexão
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Novembro de 2012

  • O Espiritismo é conectivo, policonectivo por que ele é um “e” em relação ao conhecimento, ao nos oferecer uma forma de pensar e sentir o mundo que navega numa faixa de síntese.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Los Espíritus Desencarnados como Motores de la Historia
    Escreve: Humberto Mariotti
    Em: Novembro de 2012

  • Para la filosofía espirita existe un enlace entre el ser y los hechos individuales y sociales el cual tiene sus bases tanto en lo visible como en lo invisible, así como en el pasado y el presente del espíritu.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Atualização de Cultura
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: Novembro de 2012

  • Os espíritas mais esclarecidos, os seus propagadores mais convictos devem acompanhar as atividades culturais, notadamente nos campos que ofereçam mais elementos de confronto com o Espiritismo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Allan Kardec Racista?
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Novembro de 2012

  • Allan Kardec expressou a visão de sua época, marcada pelo preconceito em relação à diversidade cultural, étnica. Isto não significa que ele discriminasse o negro, que o visse como um objeto, um animal de carga.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Justiça: De Kardec ao Século 21
    Escreve: Jacira Jacinto da Silva e Mauro Spínola
    Em: Novembro de 2012

  • Com base na definição de Allan Kardec, procura-se neste trabalho compreender o significado de Justiça, valendo-se, inclusive, de situações hipotéticas, mas que refletem a realidade. O ponto de partida é a discussão do conceito espírita de Justiça, que embasa todo esse estudo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Influência do Espiritismo na Evolução do Homem Contemporâneo
    Escreve: Ciro Pirondi
    Em: Novembro de 2012

  • Devemos humanizar o Espiritismo, recolocá-lo no plano humano para atender as reivindicações do homem. O Espiritismo é uma proposta viável para o ser humano, desde que seja encarado como um processo natural.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Somos os Construtores do Mundo
    Escreve: José Herculano Pires
    Em: Novembro de 2012

  • Devido à sua profundidade e importância histórica, o PENSE publica na íntegra este que é um dos mais inflamados e apaixonados textos do mestre Herculano Pires (1914-1979), jornalista e escritor espírita, um dos maiores pensadores espíritas do século 20.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Reflexões Espíritas Acerca da Propriedade
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Novembro de 2012

  • A acumulação e o gozo dos bens da terra não são contrários à Ética Espírita, porém, devem ocorrer em família, em comunidade, sem a presença do egoísmo e do orgulho.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Sobre a Saúde e a Doença
    Escreve: Ademar Arthur Chioro dos Reis
    Em: Novembro de 2012

  • Este trabalho procura discutir distintos modelos existentes para definir o processo saúde-doença, as teorias formuladas para explicar a sua determinação e desenvolver uma análise sobre o tema a partir da obra de Allan Kardec.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Kardec e a Revolução do Espírito
    Escreve: Redação do Abertura
    Em: Novembro de 2012

  • Quando o professor Rivail participou, em maio de 1855, da primeira sessão de “mesas falantes”, sua vida modificou-se totalmente. Ele vislumbrou, no vaivém do bater dos pés da mesa, algo mais do que os outros imaginavam.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Misericórdia Divina e a Questão Social
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Agosto de 2012

  • Nada é profano, porque tudo é divino. Não existe a luta entre César e Deus, espírito e matéria, passado e futuro. O homem é divino, o mal é divino, o bem é divino, porque tudo reflete momentos, instantes, reflexões, experiências que se renovam, reciclam, passam e repassam incessantemente.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Propriedade: Entre a Paixão e a Solidariedade
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Agosto de 2012

  • O método redistributivista espírita é preventivo, desarma futuras desigualdades sociais, na proporção em que, se cada um recebe apenas aquilo a que faz jus, opera-se a imediata repartição dos frutos do trabalho.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Espiritismo e a Família Perante o Século 21
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Agosto de 2012

  • Em minha opinião, se o Espiritismo quiser contribuir de maneira decisiva para a melhor compreensão dos problemas familiares, deveria romper com o modelo da família cristã e desenvolver seu próprio modelo, baseado na lei da evolução das pessoas e dos grupos sociais.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Trabalho: do Castigo à Realização
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Agosto de 2012

  • Os filósofos da matéria-trabalho já vão chegando a essa conclusão, a de que o ser não se esgota em seus anseios e na procura da felicidade, simplesmente porque cumpriu uma tarefa. Antes, é preciso que esta lhe dê alguma satisfação, capaz de perdurar no ser.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Deus Não Mudou
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Agosto de 2012

  • O sistema kardecista é racionalista. Tenta enquadrar a ação divina e mesmo o progresso espiritual dentro de critérios racionais. Entretanto, não é fácil desestruturar a mente, trabalhada por milênios de entendimento, conceituação e pressão cultural.



    Leia a íntegra deste artigo


  • Jornalismo: Consolo, Drama ou Informação?
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Agosto de 2012

  • O conceito evolucionista de Espiritismo, bem posto por Manuel S. Porteiro ao tratar da vida como um fenômeno dínamo-genético e da história como expressão do dínamo- psiquismo dos seres vivos até o homem, certamente produzirá um jornalismo no qual a informação terá antecedência ao consolo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Reflexões Kardecistas Sobre o Pecado
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Agosto de 2012

  • Sem que a visão espiritual da natureza humana prevaleça, as soluções serão precárias e incompletas. Essa visão espiritual, correspondendo à espiritualização da vida, não será produto de religião alguma, mas do amadurecimento e das pesquisas.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Homem Entre Dois Deuses
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Agosto de 2012

  • Sim, há um novo momento na avaliação das relações internacionais, crítico, talvez, pelo aparente descontrole em que se dá, como se uma onda de força imbatível se abatesse sobre as nações.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Dificuldade de Aceitar o Novo
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Agosto de 2012

  • Atualizar é um processo, é um fluxo aberto, mas com forte base na estrutura fundamental do pensamento de Allan Kardec. É uma abertura constante de questionamento sequencial, contínuo e equilibrado, fruto de estudo, reflexão e observação.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Papel de Wallace no Evolucionismo
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Agosto de 2012

  • O nome de Alfred Russel Wallace está entre os clássicos do Espiritismo. Nascido em 1823 e desencarnado em 1913, atravessou quase um século de intensa movimentação em torno dos fenômenos espíritas e conviveu com toda aquela equipe de pesquisadores, cujo nome de maior expressão é William Crookes.

    Leia a íntegra deste artigo


  • As Origens da Questão Roustaing
    Escreve: Chrysanto de Brito (In Memorian)
    Em: Agosto de 2012

  • A questão Roustaing está hoje liquidada em França. Tendo sido criada e debatida pelos discípulos franceses de Roustaing, dela ficaram vestígios um pouco desonrosos para o Espiritismo. De fato, eles vêm mostrar os inconvenientes e os excessos a que chegaram os promotores da questão.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Um Pouco da História dos Congressos Espíritas
    Escreve: Abstal Loureiro
    Em: Agosto de 2012

  • O escritor espírita Abstal Loureiro (1911-2003) registra suas impressões sobre o II Congresso Espírita Pan-Americano (1949) e o I Congresso de Mocidades Espíritas do Brasil (1948), ambos realizados na Sociedade de Medicina e Espiritismo do Rio de Janeiro.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Espiritismo e o Lugar Social da Igreja
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Agosto de 2012

  • Quando Denizard Rivail decidiu partir para um estudo hermenêutico e exegético da teologia católico-cristã, ele não tinha a menor pretensão de rivalizar com a Igreja, de querer mostra “mais serviço”. Ele não queria usurpar o lugar social da Igreja.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Transformações do Comportamento
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Agosto de 2012

  • Que mecanismos nos permitem escolher entre várias alternativas propostas? Que motivações movem nosso comportamento? Como nos estruturamos, como formatamos o caráter, quais as condições para julgar, escolher e decidir para usar o livre-arbítrio? Essas são as questões que vamos estudar.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Transformação Social e o Egoísmo
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Junho de 2012

  • Útil e necessário em determinado estágio evolutivo, hoje o egoísmo tornou-se pernicioso e inimigo de qualquer estabilidade social, interpessoal, cultural. Por mais perfeito que seja um sistema econômico, ele não se sustentará se o egoísmo, o interesse pessoal desmedido estiver presente.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Doutrina Espírita no Processo Dialético e Palingenésico da História
    Escreve: Humberto Mariotti
    Em: Junho de 2012

  • O Kardecismo, método filosófico que nos trouxe o espiritualismo espírita, é o único fator que, mediante o realismo do fenômeno mediúnico, demonstrará que matéria e espírito são apenas expressões de uma mesma realidade.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Kardec Foi um Filósofo?
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Junho de 2012

  • Poderá a obra de Allan Kardec ser categorizada como filosófica? Há, em seu bojo, cogitações sobre a natureza essencial das coisas, uma visão do universo e das relações últimas entre os objetos? Sim, a resposta é afirmativa.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Expressão Filosófica do Espiritismo
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: Junho de 2012

  • Começamos a sentir o conteúdo ético e filosófico do Espiritismo desde o momento em que lhe avaliamos a profundidade e a integridade como Doutrina capaz de corresponder às nossas preocupações com o desconhecido e o nosso próprio destino.

    Leia a íntegra deste artigo


  • El Espiritismo y la Responsabilidad Social
    Escreve: Gustavo Molfino
    Em: Março de 2012

  • Nuestra visión espírita nos habilita sobremanera para la comprensión del proceso evolutivo general de la humanidad y especialmente a reconocer nuestro aporte individual como determinante para el progreso personal, familiar y social.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Novo Pensar Sobre Deus, o Homem e o Mundo
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Março de 2012

  • Um novo pensar sobre Deus nos conduz à compreensão de que a dinâmica da vida, em qualquer dos setores em que se manifesta, prima pela criação de ambientes de oportunidade, seleção e superação.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Existencialismo Hominal à Luz da Filosofia Espírita
    Escreve: Humberto Mariotti
    Em: Março de 2012

  • Não há na filosofia espírita lugar para “uma existência que morre”; só há Existência “que vive no divino e no eterno”. A raiz da existencialidade que nos revela é de vida imortal; por isso o Espiritismo é um existencialismo para vivos e não um existencialismo para mortos.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Doutrina Espírita e o Elemento Humano
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: Março de 2012

  • Se o nosso movimento tivesse de esperar que aparecessem somente trabalhadores já depurados de seus velhos compromissos ou sem arestas contundentes, nada teria sido feito até agora.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Da Teologia à Filosofia Espírita da História
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Março de 2012

  • O fato de o Espiritismo possuir uma Teologia e uma Teodiceia, não significa que sua visão de mundo seja teológica, dogmática, calcada em preceitos religiosos ou em algum artigo de fé. O Cristianismo, por exemplo, nos conduz a uma Teologia enquanto que o Espiritismo, de modo diferenciado, nos leva a conceber uma Filosofia da História, melhor dizendo, a uma Filosofia Espírita da História.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Espiritismo e Sociedade
    Escreve: Amílcar Del Chiaro Filho
    Em: Setembro de 2011

  • O Espiritismo propugna por reformas, por mudanças, que não sejam apenas periféricas, mas amplas e profundas. Para isto é preciso revolucionar o mundo, deflagrar uma revolução, entretanto, não-armada, e sim, centrada no amor e na educação.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Filosofia Espírita e as Fronteiras do Conhecimento
    Escreve: Ciro Pirondi
    Em: Setembro de 2011

  • A ideia de fronteira como parte limite de um espaço em relação ao outro, roubada da Geografia, é uma imagem muito forte com relação ao que Kardec pensou para o Espiritismo: ele seria uma filosofia de borde circundando outras formas de conhecimento.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Consciência, Virtude e Liberdade sob a Perspectiva da Tradição Filosófica Ocidental e do Espiritismo
    Escreve: Ricardo Nunes
    Em: Setembro de 2011

  • O espiritismo possui uma precisa visão teórica sobre o problema da consciência. Procuraremos expor os delineamentos gerais desta visão, a fim de que tenhamos claro as convergências e as divergências entre a visão espírita e a tradição filosófica ocidental.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Fundamentos da Ética Espírita
    Escreve: Reinaldo Di Lucia
    Em: Setembro de 2011

  • O propósito deste trabalho é analisar as bases da ética espírita, de um modo que possam servir como parâmetro à estruturação de um comportamento pautado nos princípios do Espiritismo, aplicável a todas as situações humanas, mas sem a imposição de um comportamento padrão que ignore as individualidades dos espíritos.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Doutrina Espírita e as Transformações Sociais
    Escreve: Maria Solange Guarino Tavares
    Em: Junho de 2011

  • O objetivo deste trabalho é a discussão da participação da Doutrina Espírita nas Transformações Sociais, com os estudos de Allan Kardec, na França., ou seja a interação entre o social e o espiritual.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Homem Como Ser Único
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Junho de 2011

  • Sociológica e politicamente, o ser humano vem caminhando em alternativas de criação, recriação, reformulação de sistemas econômicos, políticos e sociais, alcançando etapas progressivas, com desníveis consideráveis no conjunto da sociedade humana.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Quarta Mulher
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Junho de 2011

  • A libertação feminina possui uma face perversa. Os serviços domésticos e o cuidado com os filhos nem sempre são divididos. A mulher ainda carrega consigo o sentimento de culpa quando não consegue conciliar a realização profissional e materna.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Caiu a Lágrima, Nasceu a Ação
    Escreve: Paulo César Fernandes
    Em: Junho de 2011

  • A fronteira social veio para ficar, enquanto as pessoas não se derem conta do emaranhado das ramificações em todas as esferas do poder. Em todos os continentes isso ocorre. Mesmo na rica Europa.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Contribuições do Espiritismo para uma Nova Família
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Março de 2011

  • O modelo de relação familiar que herdamos decorre da implantação do cristianismo no mundo ocidental. Analisando a conceituação básica do pensamento cristão, sob a ótica espírita, devido a visão de homem e de mundo adotada, podemos dizer que o cristianismo jamais entendeu a criatura humana, sua estrutura espiritual, medos e ansiedades. Centralizado na obsessão de salvar a humanidade, criou um sistema moralista baseado na negação do ser e na repressão sexual.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Trompetista e o Suicida
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Março de 2011

  • “Quantos músicos não foram perseguidos, torturados e mortos por empregarem sua arte musical como ação eficiente de protesto, de denúncia? Lembro-me de meus prediletos Victor Jara, Geraldo Vandré, Violeta Parra, Taiguara, de tantos músicos outros que ousaram ofertar sua expressão musical a serviço dos direitos humanos, contra a repressão, a violência, o autoritarismo, contra as corporações e o Estado repressor.”

    Leia a íntegra deste artigo


  • Análise do Pensamento de Allan Kardec de 1855 a 1869
    Escreve: Krishnamurti de Carvalho Dias
    Em: Fevereiro de 2011

  • Um estudo completo do pensamento de Rivail não pode ser feito senão com todas as peças da Kardequiana, além do mais, com a consideração da conjuntura social e de ideias, o nível científico daquele período em que viveu.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Deolindo Amorim: o Filósofo e Didata do Espiritismo
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Fevereiro de 2011

  • Mais do que nunca, neste momento em que o Espiritismo precisa decidir seu próprio caminho, o pensamento, a palavra e a postura de Deolindo Amorim são elementos indispensáveis para entender, seguir e definir o futuro da Doutrina.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Espiritismo é Subversivo?
    Escreve: Jacques Peccatte
    Em: Fevereiro de 2011

  • Pensamos, aqui na França, que o papel do espírita moderno é refletir, falar, denunciar eventualmente e participar da luta contra o mal, seja qual for a sua forma. Creio que o Espiritismo é uma luta contra todas as injustiças que constatamos na condição humana, participando das mudanças e progresso do mundo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Verbete Vazio
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Fevereiro de 2011

  • Em “Instruções Práticas sobre as Manifestações Espíritas” (1858) salta aos olhos o famoso verbete “Religião”, sem nenhuma definição. Ora, por que Kardec deixou este verbete vazio?

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Emancipação da Mulher e o Espiritismo
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Janeiro de 2011

  • A emancipação da mulher não é simples questão de progresso social e libertação de uma grande parte do gênero humano. Implica em mudanças radicais nas estruturas sociais, familiares, religiosas e humanas. Resulta na inclusão e modificação de costumes, leis, formas de relação, direitos e deveres.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Breve Estudo Comparativo Sobre a Reflexão Socialista de Léon Denis e Manuel S. Porteiro
    Escreve: Ricardo Nunes
    Em: Janeiro de 2011

  • Este trabalho tem por objetivo levantar discussão sobre a temática social, pois nós, espíritas do mundo contemporâneo, não podemos ignorar nossas responsabilidades perante um mundo que sofre com as desigualdades sociais, a miséria e a fome, um mundo onde as mercadorias valem mais do que os homens, em que os valores do ter sobrepujam e esmagam os valores do ser.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Um Projeto de Homem
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Janeiro de 2011

  • Em tudo, um misto de crença, uma seletividade social, um conflito de raças e culturas, um apoio a modos de vida que tendem a processos hegemônicos, por si mesmos impositivos e exploradores dos mais fracos. Que moral é essa? Que Deus é esse?

    Leia a íntegra deste artigo


  • Pela Dor ou pelo Amor?
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Janeiro de 2011

  • O analfabeto pode se tornar espírita. Allan Kardec deu de cara com muitos deles em suas andanças pela França, no que denominou de Viagem Espírita. O Espiritismo já havia deixado de ser uma doutrina de doutores para se disseminar entre as classes mais humildes, entre os mais simples, sem escolaridade.

    Leia a íntegra deste artigo


  • As Faces de Deus
    Escreve: Gláucio Coelho Grijó
    Em: Janeiro de 2011

  • A diversidade não é sinônimo de intolerância, de divisão, de rompimento, mas sim, parte da multiplicidade das vidas que integram este todo que denominamos Universo. Sem a diversidade, só haveria o cinza, o insosso e a morte.

    Leia a íntegra deste artigo


  • As Perdas da Década Passada
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Janeiro de 2011

  • Gostaríamos de destacar as seguintes personalidades espíritas que se foram nessa década que termina e nos deixaram momentaneamente: José Rodrigues, Krishnamurti de Carvalho Dias, Hernani Guimarães Andrade, Francisco Cândido Xavier e Jaci Regis. Foi o fim de um ciclo. Ficamos órfãos, mas ao mesmo tempo várias sendas foram abertas.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Jaci Regis: Um Radical Discípulo de Allan Kardec
    Escreve: Ademar Arthur Chioro dos Reis
    Em: Janeiro de 2011

  • Jaci Regis foi um dirigente espírita que nunca desejou constituir o "jacisismo", sua própria escola, mas que forma e influencia a cada um dos que com ele convivem ou tem acesso a suas ideias e pensamentos. Um líder na essência da palavra, com seus erros e acertos, defeitos e virtudes. Uma vida dedicada com amor e paixão ao Espiritismo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Visão Espírita do Homem
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: Janeiro de 2011

  • O homem tríplice não desagrega a unidade básica do EU. Com esta visão antropológica, a doutrina espírita situa o homem na Terra, em relação ao presente e ao passado, apontando-lhe o caminho do futuro, sem ilusões nem quimeras.

    Leia a íntegra deste artigo


  • João Huss na História do Espiritismo
    Escreve: Wallace Leal V. Rodrigues
    Em: Janeiro de 2011

  • Há na história do Espiritismo alguns fatos que desafiam a argúcia do pesquisador. Dia chegará, entretanto, que algum intelectual em melhores condições, pesquisará na própria França, fazendo luz sobre esses enigmas. Um deles reside nas reencarnações de Allan Kardec.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Espiritismo, Ecologia e Educação
    Escreve: Salomão Jacob Benchaya
    Em: Janeiro de 2011

  • O objetivo deste trabalho está centrado em analisar as causas da crise ecológica, as relações do Espiritismo com a questão ambiental e as possíveis alternativas para a preservação do Planeta.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Identidade do Espiritismo no Século 21
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Dezembro de 2010

  • Como Ciência da Alma, o Espiritismo abandona a ilusão de ser uma revelação divina, para ombrear-se, de forma muito especial, com o esforço das ciências humanas que surgiram para entender o ser humano, suas limitações, problemas e futuro, fora dos limites das ciências duras, físicas.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Gabriel Delanne
    Escreve: Canuto Abreu
    Em: Dezembro de 2010

  • Mentalidade politécnica, afeiçoada desde cedo aos estudos exatos, às pesquisas cientificas, às observações frias, às deduções rigorosas, ao horror do erro, da ilusão e da fraude, Gabriel Delanne foi o chefe supremo da parte experimental do Espiritismo, a qual deu o maior desenvolvimento ainda não suplantado.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Principais Fatores que Impedem o Desenvolvimento da Ideia Espírita
    Escreve: Humberto Mariotti
    Em: Dezembro de 2010

  • Tanto para a Igreja como para a presente ordem espiritual e social, a ideia espírita é um perigo e uma ameaça para as velhas instituições eclesiásticas, que durarão até que as forças do progresso não as substituam por uma nova visão do Universo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Pensamento Pós-moderno e o Espiritismo
    Escreve: Luiz Fuchs
    Em: Dezembro de 2010

  • A galopante e perturbadora mudança de cenários, que caracteriza este início de século, saudada por muitos como despontar da Era Pós-Moderna, cujos paradigmas (ou sua ausência) estariam sepultando a Modernidade, suscitam questões que o movimento espírita organizado deve focalizar e discutir.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Filosofia Espírita e seus Aspectos Sociais
    Escreve: Aylton Guido Coimbra Paiva
    Em: Dezembro de 2010

  • O espírita não pode aceitar sistemas sócio-político-econômicos que considerem a desigualdade como fruto do mérito, admitindo que as classes sociais se embasem na superioridade dos que dominam. Por isso é importante definir o que é essa desigualdade de merecimento que deverá permanecer no futuro.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Jaci Regis: O Homem e o Humanista
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Dezembro de 2010

  • Não é exagero afirmar que Jaci Regis foi um dos maiores pensadores espíritas de todos os tempos. Sua produção doutrinária nos livros e em jornal, nos ensaios e conferências, demonstram esse fato. Rompeu com a ortodoxia espírita, com o sectarismo da pureza doutrinária e propôs uma releitura da obra de Allan Kardec, situando-a na contemporaneidade, apontando novos rumos para o futuro do Espiritismo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Sandino y el Espiritismo
    Escreve: Jon Aizpúrua
    Em: Dezembro de 2010

  • No es nuestro propósito acá, abundar en detalles respecto a gesta nacionalista de Augusto César Sandino, hay suficiente material en torno a ello, sino, aportar algunos datos, a tono con la verdad histórica, presentando el pensamiento vivo de Sandino, en este aspecto (el menos conocido) de sus convicciones espiritistas.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Espiritismo, Política e Cidadania
    Escreve: Ademar Arthur Chioro dos Reis
    Em: Dezembro de 2010

  • A visão de homem e de mundo proporcionada pela filosofia espírita permite conceber um novo homem (moral), resultado e ao mesmo tempo construtor de uma nova humanidade. Para o espiritismo, a harmonia que rege o universo material e o universo moral está fundamentada sobre leis naturais, inscritas em nossa consciência.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Afirmação Espírita
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Dezembro de 2010

  • A trademark inscrita por Allan Kardec no mercado de ideias e do conhecimento balizou o nascimento de nova abordagem de um mundo, antes especulativo, impreciso e, não raro, manipulado, para outro, dimensionado, comprovado e sujeito ao método investigativo. No limite da argumentação, trata-se de uma propriedade intelectual da pessoa física nascida Hippolyte León, o professor Rivail.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Segunda Edição Desconhecida de O Livro dos Espíritos
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Novembro de 2010

  • Allan Kardec chegou a produzir, em 1859, uma edição completa, compacta de O Livro dos Espíritos, composta por cinco livros. É o que poderíamos chamar de uma “edição perdida”, uma verdadeira raridade.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Pensamento Social Espírita e Economia Solidária
    Escreve: Sinuê Neckel Miguel
    Em: Novembro de 2010

  • Fundamentalmente, a ação social espírita se justifica a partir de um diagnóstico sobre as demandas por melhorias que a nossa sociedade apresenta. Intervir na sociedade para contribuir com o progresso, eis o objetivo mais geral da ação social espírita.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Espiritismo e a Questão Social
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: Novembro de 2010

  • A reforma social exige, antes de tudo, a reforma do individuo. Nenhuma transformação violenta resolve o problema do equilíbrio social sem obter, primeiramente, o progresso moral pela educação do espírito.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Madero, Apostol del Espiritismo y la Democracia
    Escreve: Jon Aizpúrua
    Em: Novembro de 2010

  • Madero ocupa un lugar prominente entre los pioneros del Espiritismo en América, y sitial de honor, entre quienes han sabido dignificar la historia del Espiritismo con su propia historia, enarbolando las flamígeras banderas del amor al prójimo, del progreso social y liberación espiritual.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Moral e Religião
    Escreve: Krishnamurti de Carvalho Dias
    Em: Agosto de 2010

  • Se é fato que toda religião é sempre moral, a recíproca não é verdadeira: nem todo fato moral é religioso. Não procede a ideia de que haveria um sentido religioso no Espiritismo, só pela simples razão de este ser um fato moral, possuir uma dimensão moral.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Um Novo Humanismo e o Espiritismo
    Escreve: Almir Del Prette
    Em: Agosto de 2010

  • A frustração do homem moderno é uma frustração existencial. Isto porque todo o impulso que o levaria a uma plenitude vivencial é barrado e canalizado para outras direções, conforme determina a estrutura social.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Diário de uma Adulteração
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Junho de 2010

  • Este singelo episódio é aqui narrado apenas como um registro, como um exemplo do cuidado que devemos ter na construção do pensamento espírita, de acordo com o lema adotado pelo FUNDADOR do espiritismo, Allan Kardec: “trabalho, solidariedade e tolerância”.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Implicações Psicológicas e Sociais da Reencarnação
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Junho de 2010

  • Neste trabalho pretendemos levantar algumas questões relativas à reencarnação e sua posição na Doutrina Espírita, comparativamente à aceitação dessa lei nos países asiáticos. Tentaremos também enumerar as dificuldades da cultura ocidental judaico-cristã em aceitar a tese das vidas sucessivas.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Pela Construção da Cidadania - Políticas de Inclusão no Planeta Multicultural
    Escreve: Cláudio Antonio de Mauro
    Em: Junho de 2010

  • As ideias dominantes em uma época são sempre as ideias da classe que domina. Quando podemos identificar ideias que se diferenciam daquelas que dominam, que poderão revolucionar uma sociedade inteira, isto quer dizer que no seio da velha sociedade se formam os elementos de uma nova sociedade. Quer dizer que a dissolução das velhas ideias também acompanha a dissolução das carcomidas e esgarçadas condições de existência.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Da Inspiração à Transpiração
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Junho de 2010

  • Toda revelação “divina” é uma mentira, ilusão, uma falácia, tem um vício de origem, sofre de um “pecado original”. Supõe-se divina sem nunca ter sido. Supor que exista algo “divino” é o mesmo que imaginar a existência do “sobrenatural”. Nada há na natureza dos seres e das coisas que seja “divino”. Jamais houve.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Alteridade e Pluralismo: Uma Análise das Condições da Democracia numa Sociedade Espírita do Conhecimento
    Escreve: Luiz Signates
    Em: Junho de 2010

  • Este artigo tematiza as condições de possibilidade de formação de uma sociedade espírita integradas pela democracia e pelo conhecimento. Para isso, avalia as condições concretas em que se encontram o movimento espírita brasileiro, questionando as políticas de unificação e pureza doutrinária. Nesse sentido, procura demonstrar que o caminho do conhecimento e da democracia não é, nem pode ser, o da unificação dos conteúdos de pensamento.















    Download programas gratis























    Software zum Download























    scaricare programmi























    Download programas gratis























    programas descargar gratis

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Livre-pensar e a Práxis Sociocultural
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Maio de 2010

  • “Onde estão os livre-pensadores que o espiritismo produz? Por que grande parte deles assume uma postura individualista? Por que pouco produzem e agem à margem de tantas realizações e atividades? Talvez a resposta a essas questões esteja não somente na natureza humana, mas também na natureza da filosofia espírita.”

    Leia a íntegra deste artigo


  • Concepção Espírita do Direito Natural
    Escreve: Milton Rubens Medran Moreira
    Em: Maio de 2010

  • “Os espíritos, falando na existência de um instinto do homem que o fizera buscar a sociedade como pressuposto do progresso, ratificaram a posição claramente assumida desde as primeiras questões da parte terceira de O Livro dos Espíritos, quando, instigados pelas perquirições do mestre lionês, alinharam o espiritismo como uma doutrina jusnaturalista (ou seja: que admite a existência do Direito Natural).”

    Leia a íntegra deste artigo


  • Seremos Todos Espíritas? Da Utopia ao Sonho
    Escreve: Wilson Garcia
    Em: Maio de 2010

  • “A comunidade espírita não pode ser entendida senão como uma parcela da sociedade geral. Dessa forma, o sonho mítico que entende e (pre)tende um agir no sentido de conquistar para sua crença e suas ideias a humanidade é estimulado por elementos presentes no cotidiano social e nos conteúdos doutrinários.”

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Pena de Morte - Uma Visão Jurídico-Espírita
    Escreve: Eliseu Florentino da Mota Jr.
    Em: Maio de 2010

  • “Para a doutrina espírita, o fundamento do poder-dever de punir assenta-se no livre-arbítrio relativo à elevação do espírito encarnado, tendo a pena a finalidade de auxiliá-lo, através da expiação das suas faltas, no seu progresso integral, físico, intelectual e moral. Quanto mais evoluído, maior a sua responsabilidade. Ou, como sintetiza a máxima evangélica: muito será pedido a quem muito foi dado!

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Justiça Social: Uma Visão Espírita para a Ação Social
    Escreve: Orlando Villarraga
    Em: Abril de 2010

  • Para enfrentar os grandes problemas sociais devemos procurar o conhecimento no pensamento social espírita. “O espiritismo, além de ser uma ciência experimental e filosófica, é uma ideologia social”. Os princípios da doutrina espírita nos levam à convicção que devemos colocar em ações, que devemos materializar em atos e fatos os conhecimentos espirituais para o bem-estar da sociedade e a implantação da justiça social em nosso planeta.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Espiritismo Está Cientificamente Demonstrado
    Escreve: Egydio Régis
    Em: Abril de 2010

  • A repercussão científica e social das pesquisas de William Crookes, realizadas no século 19, foram positivas para o espiritismo. No entanto, Crookes foi ignorado e suas investigações esquecidas. Neste artigo, Egydio Régis, por ocasião do aniversário de passamento do grande cientista inglês (4 de abril), nos brinda com um artigo recheado de informações históricas e de afirmações contundentes em relação ao descaso e à ignorância de suas notáveis pesquisas.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Misión del Escritor Espírita en la Sociedad Contemporánea
    Escreve: Humberto Mariotti
    Em: Fevereiro de 2010

  • El hombre y toda manifestación de vida se afirmaron en forma decisiva con el advenimiento del espiritismo. Y este proceso de afirmación espiritual le confirió una misión trascendental a la literatura y el arte. Por la demostración espiritual del hombre mediante el fenómeno mediúmnico las letras y la creación artística se justificaron como fenómenos ético-teleológicos, es decir, dejaron de ser artificios para expresarse como funciones estético-morales al servicio de la elevación del hombre y de la sociedad.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Espiritualidade nos Animais
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Fevereiro de 2010

  • A visão transcendental que o espiritismo oferece na compreensão da vida animal tem um profundo sentido ético que deverá ser aplicado não somente no convívio com essas belas criaturas, no grande ecossistema terrestre, mas também na legislação.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Mediunismo no Sincretismo Religioso
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: Janeiro de 2010

  • O sincretismo afrobrasileiro é um fenômeno que deve ser estudado com lúcido critério analítico, como capítulo da sociologia religiosa, mas é necessário que se conheça também o verdadeiro caráter do espiritismo, a fim de que não se continue a confundir uma coisa com outra.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Kardec, Marx e Pasteur
    Escreve: José Herculano Pires
    Em: Setembro de 2009

  • Os problemas materiais decorrem da situação espiritual do homem. Um homem egoísta faz um mundo egoísta. Só um homem altruísta, capaz de ver a espécie humana e o mundo numa visão espiritual, numa perspectiva de evolução palingenésica, será capaz de criar um mundo realmente novo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Zoofilosofia, Novo Tema da Metafísica Ocidental
    Escreve: Humberto Mariotti
    Em: Setembro de 2009

  • Quando os povos amarem os seus congêneres e tudo quanto existe, como Jesus ensinou, haverá garantia moral para as relações humanas. E quando o homem respeitar até a vida de um inseto, brotarão de todas as fontes da natureza as mais belas harmonias, ouvindo-se em tudo uma espécie de sinfonia wagneriana.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Na Teologia do Mercado, Nunca Há o Bastante
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Agosto de 2009

  • Picos e vales nas curvas da economia são tidos como normais pela gente do colarinho branco, mas resultam de um primado, o da aceitação da esperteza e das diferenças de classes.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Da música a Kardec
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Fevereiro de 2009

  • A música, assim como a mediunidade, confunde-se com a história da humanidade, com o progresso intelecto-moral, psíquico. Não é transformadora, revolucionária, por si só. Ela funciona apenas como um catalisador. Daí a sua censura em ditaduras, como foi o caso da proibida canção de Geraldo Vandré “Pra não dizer que não falei das flores”.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Razão e Religião
    Escreve: Miguel Reale Júnior
    Em: Janeiro de 2009

  • Este escorço histórico, quando dos cem anos da desencarnação de Lombroso, recoloca a angustiosa questão do livre-arbítrio ou do determinismo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Uma teoria espírita para os juros
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Outubro 2008

  • A prática de juros, entendida como o efeito do dinheiro gerar dinheiro e provocar maior acumulação de capital , na denominação histórica de usura, mesmo combatida por grandes códigos da humanidade, está na base da maioria das crises econômicas e de desigualdades sociais. O tema permeia o Velho Testamento, passa pelo Corão e pela Torá e deságua em muitas constituições de países, que tentam impor um limite a esse retorno, cuja raiz está no espírito de ambição da criatura humana, pronta a buscar o máximo pelo mínimo, fazer com que outros trabalhem por si e alimentar o sonho do ócio, sabe-se lá por quanto tempo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Destruição criativa e desigualdades
    Escreve: José Rodrigues
    Em: outubro 2008

  • As várias fases pelas quais passa o capitalismo, como um centro dinâmico de difícil controle, encontra-se em franca discussão no mundo, vencidas as fases da ‘guerra fria’, do sistema bipolar político e econômico, da reunificação da Alemanha com a queda do Muro de Berlim e o fim da União Soviética. Mas tanto lá, nos idos do princípio do Século 20, com a Revolução Russa, quanto cá, tempos de um capitalismo financeiro desenfreado, põe-se de lado o fator-homem, a natureza nossa, com o estímulo de levar vantagem, ganhar no mole e culpar a outrem pelas mazelas pessoais e coletivas.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Filosofia Espírita e Seus Aspectos Sociais
    Escreve: Ney Paulo de Meira Albach
    Em: maio de 2008

  • O estudo da Filosofia Espírita nos seus aspectos sociais constitui-se num projeto indispensável e intransferível no momento histórico que atravessamos, como necessidade de justificativa e de demonstração do papel e da função do Espiritismo no processo de transformação da Humanidade.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Alma ao Socialismo
    Escreve: Léon Denis
    Em: maio de 2008

  • A solidariedade e a fraternidade, que constituem os princípios essenciais do Socialismo, já não ligam somente os homens no presente, mas em todas as fases de sua imensa evolução.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Espiritismo e Humanismo
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: maio de 2008

  • A Doutrina Espírita é humanista em suas conseqüências, porque se preocupa, em tudo por tudo, com o homem, e propõe soluções para os problemas que dependem da sociedade.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Mercado Abriu-se ao Espiritismo. E Agora?
    Escreve: José Rodrigues
    Em: dezembro de 2007

  • Estima-se que sejam vendidos atualmente no Brasil, pelo menos, oito milhões de livros espíritas por ano, para um mercado que estaria em torno de 30 milhões de pessoas, os chamados simpatizantes da idéia.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Conceitos dinâmicos de propriedade
    Escreve: José Rodrigues
    Em: 6 de fevereiro de 2007

  • Dos flanelinhas que defendem seus "pontos" nas vias públicas, ao Império Romano, ou dos traficantes, que exploram "bocas" com exclusividade, aos domínios da Microsoft, permeia a propriedade. Os fisiocratas do Século XVIII, com Quesnay e Turgot, afirmavam que toda a riqueza provinha da natureza, enquanto para Adam Smith (1723-1790), da escola liberal, a riqueza resulta do trabalho.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Socialismo e Espiritismo, Aproximações Dialéticas
    Escreve: Dora Incontri e Alessandro Cesar Bigheto
    Em: São Paulo, março de 2005

  • Estes apontamentos pretendem apenas indicar uma vasta linha de pesquisa ainda pouco trilhada, que aponta as relações históricas e teóricas entre Socialismo e Espiritismo. Não é assunto pacífico nem para socialistas (sobretudo marxistas) nem para espíritas, mas trata-se de demonstrar que houve aproximações, diálogos e influências mútuas neste campo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Confronto Entre a Ciência e a Ética
    Escreve: Hélio Daldegan
    Em: São Paulo, outubro de 2004

  • Diante das imensas possibilidades abertas pela ciência e pelos desdobramentos tecnológicos, que ampliam as nossas possibilidades tanto para o bem quanto para o mal, são os nossos valores que irão determinar o resultado do confronto entre ética, religião e opções econômicas.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Pêndulo Chinês e a Filosofia
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Santos, maio de 2004

  • O excesso de uns significa a falta de outros. Enquanto uns morrem de problemas cardíacos derivados do estresse, do sedentarismo, do esbanjamento de gorduras e proteínas, outros, de fome. Essa descompensação reflete visões de mundo. No momento em que as satisfações pessoais se concentram no imediato, refletindo competições de status social, alguém paga por isso. Mais ainda, a exacerbação do egoísmo, quando manifesta por populações inteiras, é a causa profunda de grandes conflitos entre nações.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Espiritualismo e a Obrigação Social
    Escreve: Alfred Russell Wallace (1823-1913)
    Em: São Vicente, maio de 2004

  • Eu acredito firmemente – e esse fato é baseado em evidências abundantes – que as classes mais pobres de nossas cidades, aquelas que vivem constantemente sob a margem de pobreza, que são desprovidas de conforto, de necessidades e mesmo de decências da vida, são, apesar disso, uma classe tão evoluída moral e intelectualmente quanto as classes médias e altas que olham para elas de cima para baixo, como se fossem inferiores. Suas condições, sociais e morais, são frutos da sociedade; e ainda que pareçam piores do que os outros, são assim feitas pela própria sociedade.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Espiritismo na Sociedade de Espetáculo
    Escreve: Wilson Garcia
    Em: São Paulo, outubro de 2003

  • O desafio espírita, em tempos de intensa consciência da necessidade de fazer com que o maior número possível de pessoas conheça a doutrina, consiste na solução de um conflito ético: como divulgar sem tornar a doutrina um espetáculo de aparências? Esse desafio, contudo, só existe como tal para aqueles que concebem a existência do conflito. Os que não percebem qualquer tipo de contradição entre as condições colocadas e o sentido espírita do saber, ou que não lhes atribuem um valor considerável, não têm que se preocupar com o desafio.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Fome Ante o Sociólogo Espírita
    Escreve: Humberto Mariotti (1905-1982)
    Em: São Vicente, outubro de 2003

  • É imprescindível que se conheça o pensamento do sociólogo espírita sobre o drama da fome. É necessário que se fale, compreendendo que fenômeno universal se está dando no mundo e para onde se dirigem os povos. É urgente que o sociólogo espírita responda ao grito dos famintos do planeta para dizer-lhes o que pensa o Movimento Espírita Internacional sobre tão tremenda injustiça social.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Mais Ética, Mais Desenvolvimento
    Escreve: Bernardo Kliksberg
    Em: São Paulo, setembro de 2003

  • Quanto mais capital social, mais crescimento econômico em longo prazo, menos criminalidade, mais saúde pública e mais governo democrático. A noção não pretende substituir o peso dos fatores macroeconômicos no desenvolvimento, mas sim chamar a atenção para o que se deve adicionar a esses fatores.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Mediunidade Social
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: São Vicente, agosto de 2003

  • Mesmo com todas as dificuldades de comprovação do fenômeno mediúnico, a ação dos Espíritos no processo histórico é um componente fundamental para o entendimento de determinados fatos. A partir do conceito de mediunidade social é possível fazer uma releitura da história, amparada não somente na análise da fenomenologia mediúnica, como também em informações advindas dos Espíritos, segundo uma metodologia adequada, conforme os mesmos parâmetros que nortearam Allan Kardec em seus estudos sobre a mediunidade.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Espíritismo Frente à Globalização e ao Neoliberalismo
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Santos, fevereiro de 2003

  • O homem-espírita, sob a visão imortal e universal, submetido ao processo reencarnatório e evolutivo, tem informações suficientes para a busca de um universo solidário, sem perda de sua capacidade criativa e exploratória da natureza. Este conceito põe sob desconfortável análise o modo de produção, com a pergunta como produzir.
    O modo de produção deve ter o sentido da finitude dos recursos naturais e sua utilização para fins úteis, parâmetro que se obtém na resposta do porque produzir. A política industrial de obsolescência programada, as modas transitórias de fins meramente comerciais, a indústria bélica e de destruição, a especulação com terras e áreas, a devastação da natureza, com objetivo lucrativo determinado e sem preocupações de sustentabilidade, atuam contra o futuro da Terra e de seus habitantes.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Espíritas a la Sociologia y Espiritismo al Mundo
    Escreve: Néstor Juan Massaro
    Em: Fevereiro de 2003

  • La marcha al compás del pensamiento socialista espiritualizado permitirá conseguir una sociedad libre, solidaria y con igualdad relativa, en la que la economía combine el capital privado con el colectivo, para que la producción se distribuya equitativamente, sin que se acumulen riquezas superfluas ni exista gente desprovista de lo imprescindible. Así se hará la verdadera caridad, que nada tiene que ver con la beneficencia.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Aristocracia Intelecto-moral: Meta Prioritária de Nossa Sociedade
    Escreve: Carlos Orlando Villarraga (Brasil/Colômbia)
    Em: 18 de dezembro de 2002

  • A aristocracia intelecto-moral é uma possibilidade de organização social, possível de ser alcançada no nosso planeta. Isso vai depender muito de nosso esforço para mudarmos, primeiro nós mesmos como indivíduos para sermos melhores tanto na área intelectual como na área moral e, segundo, para participarmos mais na nossa comunidade e contribuirmos de uma maneira ativa para melhora-la.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Reencarnação no Plano Social
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Novembro de 2002

  • O social, dentro da perspectiva reencarnacionista, apoiada nas teorias sociológicas, torna-se mais abrangente, abrindo campos de análise ainda desconsiderados pelos cientistas sociais e pelos próprios espíritas. O seu entendimento possibilita condições para se analisar a injustiça e as desigualdades sociais, onde os espíritos encarnados diante de tal quadro, geram conflitos necessários à mudança da ordem social, em busca de seu bem-estar, caracterizando tais conflitos, o que Karl Marx denominou de luta de classes.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Mediunidade e a Reencarnação
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: São Vicente, julho de 2002

  • Os Espíritos influenciam o processo histórico através da reencarnação e da mediunidade. Pela reencarnação se inserem novamente no contexto existencial e social. Mediante a mediunidade, produzem manifestações de toda ordem, muito bem classificadas por Allan Kardec como inteligentes ou físicas.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Social e o Imortal em Chico Xavier
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Santos, julho de 2002

  • A passagem de Chico Xavier por este mundo deixa duas contribuições marcantes. No campo social e na investigação da imortalidade.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Outro Mundo é Aqui
    Escreve: José Rodrigues
    Em: 4 de maio de 2002

  • A consciência espírita, sob o primado imortalista, há de reconhecer que esse presente não satisfaz, que sobrelevam injustiças, que os mais fortes oprimem os fracos, mas ainda é pouco. O otimismo do progresso, que parece anestesiar um engajamento consciente em favor das mudanças, está a exigir ações determinadas de indignação com as desigualdades.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Generosidade no Mundo Virtual Abre Caminho à Nova Economia
    Escreve: José Rodrigues
    Em: 15 de junho de 2001

  • Há algo de novo, no mundo das relações humanas, com a desmaterialização do trabalho, como se estivéssemos no caminho de retorno ao sentido da propriedade. O conceito de valor, ao sair do substantivo para o virtual, varre o planeta de forma já irreversível, subverte conceitos clássicos de legitimidade e desafia teóricos sobre o ponto de chegada. A informática, atrelada à internet, ao valorizar o conhecimento acima de todas as coisas, parece que provoca o estímulo à divisão da propriedade, como nenhuma doutrina política o conseguiu.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Manuel S. Porteiro, um Espírita Completo
    Escreve: Jon Aizpúrua
    Em: Maio de 2000 - Santos-SP

  • Porteiro foi um espírita completo. Humilde trabalhador manual, amoroso pai de família, autodidata que adquiriu com esforço e imensos sacrifícios uma extraordinária formação intelectual, até chegar a dominar amplos espaços no mundo da cultura, da sociologia, da filosofia e, naturalmente, da Doutrina Espírita.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Partido Espírita
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Agosto de 2000 - São Vicente-SP

  • Os espíritas constituem um partido, uma corrente de opinião que não pode ser ignorada, seja no recenseamento ou na análise estratégica de qualquer político que queira ser eleito. Constituímos uma força política, não no sentido partidário, mas em seu sentido mais abrangente, como força moral e ideológica.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Inveja
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Julho de 1998 - Santos-SP

  • Inveja. Eis um dos sentimentos mais torpes e difíceis de serem eliminados da alma humana. Trata-se de um dos vícios que mais causa sofrimento à humanidade. Onde houver apego à materialidade das coisas, notadamente em seu significado, naquilo que o objeto de desejo simboliza em termos de bem-estar e status quo, aí estará a inveja, sobrevoando os pensamentos mais íntimos qual urubu ou abutre insaciável, esfomeado pela carniça. A cobiça é o seu moto-contínuo.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Resumo de uma Visão Sociológica Espírita
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Dezembro de 2000 - Santos-SP

  • A visão sociológica espírita parte do conceito de homem como espírito encarnado, de origem individual, que vive sua própria história cumulativa de experiências, para as quais há um elemento indissociável, a convivência. Leis, normas, instituições, valorações, que regulam a vida em sociedade, refletem a soma do pensamento dos indivíduos, agentes, por sua vez, de um psiquismo dinâmico, segundo conceito porteiriano, resultante de sua própria natureza e da incorporação do patrimônio social coletivamente construído.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Trabalho e o Idealismo
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Santos, Setembro de 1998

  • Vários são os motivos que levam as pessoas a se dedicarem ao Espiritismo. Difícil mesmo (e fácil ao mesmo tempo) é o exercício de atividades doutrinárias sem visar uma contrapartida material. Isso exige desprendimento, uma equilibrada combinação entre a razão e o sentimento. A sinceridade, o altruísmo, quando associados a uma visão equilibrada de si mesmo e do mundo, produz o indivíduo idealista. É disso que o Espiritismo precisa, de pessoas idealistas, em todos os seus níveis de atuação.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Sociedade Solidária, Comunidade Saudável
    Escreve: Denizar de Souza
    Em: Janeiro de 1999

  • Pode parecer estranho identificar na solidariedade social o caminho para a saúde e o bem-estar dos indivíduos, no entanto, esta é a conclusão que inúmeros estudiosos do comportamento humano estão chegando, ao lidarem com a violência, o estresse, a doença do pânico, a dependência química, os conflitos familiares, a ansiedade e a insatisfação emocional que caracterizam a vida social neste final de século.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O que é Sociologia?
    Escreve: Alfredo Marcos Ribeiro Sousa
    Em: Janeiro de 2001 - Jacareí-SP

  • A Sociologia pertence a um grupo do que se convencionou chamar por Ciências Sociais. Ao lado de Ciências como a Economia, Antropologia, Ciência Política, História, dentre outras, procura pesquisar e estudar o comportamento social humano em suas mais variadas formas de organização e conflito, que genericamente, poderíamos dizer que seja esse o seu objeto de foco.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Desenvolvimento Econômico do Século 20 e o Lugar do Homem
    Escreve: José Rodrigues
    Em: Dezembro de 2000

  • Fruto das três revoluções industriais e dos avanços no campo dos direitos do cidadão, está se chegando ao conceito de desenvolvimento humano na avaliação dos países. O ser espiritual, contudo, ainda desconsiderado no senso comum da cultura geral, explica o longo caminho a percorrer para a conquista de uma justiça mais ampla e a aplicação da solidariedade em benefício do homem.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Reflexôes Sobre a Violência
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Setembro de 2000

  • Certamente, a sociedade como um todo precisa encontrar caminhos para a resolução ou pelo menos minorar o problema social. Mas o Espiritismo jamais pretendeu comandar a renovação social. Sua contribuição, aparentemente sonhadora, é pressionar o pensamento humano em direção a uma nova mentalidade a respeito da pessoa e das coletividades.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Espiritismo Social
    Escreve: Eugenio Lara
    Em: Dezembro de 2000

  • Muitos adjetivos foram utilizados para reafirmar o verdadeiro caráter do Espiritismo: filosófico, científico, laico. E outros para desviá-lo do trilho kardequiano como cristão, religioso, evangélico. Pois já que é assim, também proponho uma adjetivação que se faz necessária nesse século que se inicia: Espiritismo Social.

    Leia a íntegra deste artigo


  • O Pensamento Político de Kardec
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Julho de 1998

  • Allan Kardec viveu um dos momentos mais importantes da história política do mundo. Nascido em 1804, logo depois da Revolução Francesa e da queda de Napoleão Bonaparte, viu o restabelecimento da monarquia francesa e o lançamento do Manifesto Comunista, em 1848 , por Karl Marx e Engels, fatos que marcaram um novo período para a sociedade ocidental. Inserido na sociedade, professor e humanista, Rivail certamente não ficou alheio a essa movimentação decorrente do surgimento de idéias revolucionárias no campo social.

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Lei de Progresso
    Escreve: Jaci Regis
    Em: Maio de 1999

  • O progresso é o resultado da insatisfação. Essa insatisfação se manifesta de forma imprecisa, como um mal-estar pessoal e depois vai se tornando concreta, avoluma-se. Então corroe o sistema atual, cria ambiente para ousadias e rompimentos, a princípio localizadas e depois generalizadas.O progresso é um processo, um constante mover-se no tempo e no espaço. Segundo Kardec, ele é promovido pela infiltração das idéias das revoluções morais, sociais, ao longo do tempo e, aparentemente, explodem sem razão, fazendo “ruir o edifício carcomido do passado”.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Desemprego - Violência: Causas e Consequências, Terapias e Profilaxias
    Escreve: Luiz Lemos e Nina Lemos
    Em: Agosto de 1999

  • Os espíritas e, bem como outros segmentos sociais, não têm se furtado, ao longo dos anos, a darem sua colaboração no encaminhamento à solução de tão magno problema, que ora trazemos à baila, não só ao nível teórico, em consonância com o Espiritismo, como ao nível prático também, em suas ações baseadas na Doutrina Espírita, evidentemente.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Apuntes para una Sociología Espirita
    Escreve: Mario A. Molfino
    Em: Maio de 1999

  • El Espiritismo, como doctrina, no está divorciado de todos los aspectos que hacen a la vida social del individuo y por ende a su interpretación. Es evidente que toda aquella problemática de los estadios de su evolución terrena y que pertenecen al campo de la antropología, de la historia, de la economía, de la política y de la sociología no escapan a la cosmovisión espírita del hombre y su circunstancia.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Causalidad y Finalidad
    Escreve: Manuel S. Porteiro
    Em: Outubro de 1935

  • Los dos puntos filosóficos sobre los cuales gira la moral dinámica del Espiritismo son, sin disputa, la causalidad y la finalidad, sin los cuales toda conducta carece de verdadero fundamento. La causalidad responde al por qué de las acciones, mientras que la finalidad explica el para qué de las mismas. Si falta uno de estos dos términos, no existen, no pueden existir verdaderas acciones morales: en el primer caso porque sin antecedente causal, sin causa o serie de causas, que influyan en las determinaciones de la voluntad, de acuerdo con el proceso moral de cada individuo, ninguna acción se explica, y en el segundo, porque si a este antecedente causal y sus efectos consiguientes, les falta un poder directriz, selectivo y telético, una dirección, un fin moral perfectible hacia el cual ajustar las acciones con arreglos a principios éticos inherentes a la conciencia de cada individuo, se caería en el determinismo fatalista o en el fatalismo determinista, es decir, en el materialismo o en la teología.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Neoliberalismo x Espiritismo
    Escreve: Ademar Arthur Chioro dos Reis
    Em: Outubro de 1999

  • Esse modelo de desenvolvimento e organização da vida e da própria sociedade é incompatível com a visão de homem e de mundo proporcionada pela Filosofia Espírita. Pelo contrário, o Espiritismo se contrapõe de forma antagônica à concepção neoliberal. O Espiritismo, fundado por Allan Kardec em 1857, a partir da publicação de “O Livro dos Espíritos”, baseia-se em princípios fundamentais , não dogmáticos, e que permitem conceber, sem os ranços e preconceitos das religiões, um novo homem (moral), que é resultado e ao mesmo tempo co-construtor de uma nova humanidade (também moral).

    Leia a íntegra deste artigo


  • A Missão da Juventude Espírita na América
    Escreve: Humberto Mariotti (1905-1982)
    Em: 1988

  • O Espiritismo é uma idéia emancipadora e somente respondendo à lei de progresso é que se mostrará como uma nova força espiritual, destinada a mudar a face moral dos homens e dos povos. Para isto necessita do vigor mental e corporal dos seres que o abraçam e nada melhor que a colaboração e a ação da juventude espírita que, ao seguir o espírito filosófico da codificação kardequiana, nunca se deterá, nem permanecerá retida pela ação dos retardatários, isto é, por uma visão conservadora da vida e do conhecimento.

    Leia a íntegra deste artigo


  • Reencarnação e Desigualdades
    Escreve: Deolindo Amorim
    Em: 1985

  • A Doutrina Espírita se preocupa com as desigualdades humanas, cujas causas devem ser atacadas para que se corrijam as injustiças. Muitas chagas sociais já teriam sido extirpadas se houvesse mais sentimento de humanidade, mais respeito às razões éticas, tanto no plano do poder público quanto no plano particular. Há desigualdades que são o flagrante resultado do egoísmo, da ambição e, por fim, das incongruências de uma sociedade discriminativa na distribuição dos bens indispensáveis à vida humana.

    Leia a íntegra deste artigo


  • El Espiritismo y los poderes temporales
    Escreve: Humberto Mariotti
    Em: Fevereiro de 1981

  • La ley de la reencarnación lleva al Estado y a la Sociedad a reconocer que en todo Ser existe un tiempo de transitoriedad, es decir que le permite al Espiritu abandonar su imperfecto clima moral para penetrar en otro límpido y superior si sus esfuerzos así lo desean. De manera que a la luz de la filosofía moral del Espiritismo todo está llamado a transformarse en bien, ya que el mal no es más que un estado transitorio del Espíritu. Para la moral espírita el mal no es fijo ni permanente ni duradero; el mal por razones de evolución está llamado a transformarse en bien en virtud de un processo dialéctico que ilumina la esencia espiritual del hombre y de la naturaleza.

    Leia a íntegra deste artigo